INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O PROGRAMA ‘JOVEM SENADOR 2017’

Iniciativa permite o contato dos alunos com o Senado Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

Estão abertas as inscrições para o programa “Jovem Senador 2017”, que tem o objetivo de proporcionar aos estudantes do Ensino Médio conhecimentos sobre a estrutura e o funcionamento do Poder Legislativo no Brasil. Para participar, os interessados devem elaborar uma redação sobre o tema “Brasil plural: para falar de intolerância”. Cada escola deverá selecionar um único texto para representá-la e encaminhá-lo à Secretaria de Estado de Educação, juntamente com a ficha de inscrição, as cópias do RG e do CPF do aluno e do seu professor orientador, até o dia 18 de agosto.
Os autores das 27 melhores redações (um por unidade federativa) terão a oportunidade de vivenciar, no Senado Federal, em Brasília, o processo de discussão e elaboração das leis do país, simulando a atuação dos senadores. Os procedimentos para o envio da redação estão disponíveis em: https://goo.gl/aC9W45.

Consulte o regulamento completo em: https://goo.gl/B9dtjf.

 

Taxa de inscrição do Enem deve ser paga até hoje!

Candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até a próxima quarta-feira (24) para pagar a taxa de inscrição. O valor do boleto é de R$ 82 para quem não teve direito à isenção. Para gerar o documento é preciso acessar o site www.enem.inep.gov.br/participante.

O número de inscritos no Enem 2017 só será divulgado no próximo dia 30 de maio. Isso porque as instituições bancárias pedem um prazo de até três dias úteis para confirmar o pagamento de boletos de cobrança.

Como os participantes têm até o dia 24 para pagar a Guia de Recolhimento da União, respeitando o horário de compensação bancária, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) só terá os dados consolidados de inscrições confirmadas ao final das transações bancárias do dia 29.

Até as 15h da última sexta-feira (19), último dia das inscrições, 6.535.884 pessoas já haviam se inscrito. Neste ano, as provas ocorrem nos dias 5 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos.

Fonte: Portal Brasil

Contratos do Fies devem ser renovados até 31 de maio

Conforme determinação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), dia 31 de maio é o último dia para fazer a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no primeiro semestre deste ano. O prazo de aditamento, anteriormente fixado em 30 de abril, foi estendido para que nenhum estudante seja prejudicado.

“Todos os estudantes com contratos do Fies terão a oportunidade de renovar seus financiamentos”, afirma o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, lembrando que o aditamento dever ser feito no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Cerca de 1,28 milhão de contratos devem ser aditados neste semestre.

O normativo também estende para 31 de maio o período para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento.

Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies.

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato – como mudança de fiador, por exemplo –, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

 

Fonte: Portal Mec

Santa Bárbara d’Oeste confirma primeiro caso de gripe H3N2

Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste (SP) confirmou, neste sábado (20), o primeiro caso de gripe H3N2 no município, um subtipo da Influenza A. De acordo com a Secretaria de Saúde, a paciente é uma jovem de 19 anos. Ela foi internada com tosse de desconforto respiratório na primeira quinzena de maio no Hospital Santa Bárbara, teve alta e passa bem.

O resultado de exame laboratorial chegou na sexta-feira (19) à Secretaria de Saúde. Até o momento, não há outros casos suspeitos da doença ou de gripe H1N1 na cidade.

Na região, nenhuma notificação de paciente com suspeita de gripe H3N2 foi registrada.

Campinas

Campinas (SP) registrou primeira morte por gripe H3N2 no município no dia 16 de maio. Segundo a Secretaria de Saúde, a vítima é um homem, de 78 anos, morador da região sudoeste do município, que teve o início dos sintomas no dia 14 de abril e morreu na quarta-feira (10).

O município tem também mais seis casos confirmados de H3N2 desde janeiro, além de 298 ocorrências de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Até o momento, segundo a Prefeitura, não houve nenhum registro de H1N1 no município.

Entenda a diferença entre os vírus

Cada tipo de gripe é nomeado de acordo com a combinação e quantidade de proteínas que ele apresenta. A gripe causada pelo H1N1 é um tipo derivada do vírus influenza, causador da gripe. A influenza apresenta as variações A, B e C, que podem sofrer mutações, transformações nas estruturas genéticas, e são altamente transmissíveis. O H1N1 é do tipo A, maior causador de epidemias.

Enquanto o H1N1 possui uma proteína chamada hemoaglutinina, que tem a capacidade de se replicar, e uma neuroaminidaze, com a função de ligar as células, o H3N2 possui uma quantidade maior de proteínas: duas hemoaglutininas e três neuroaminidazes, modificando a forma de infecção do vírus.

A transmissão do vírus A não é pelo ar, mas através do contato com superfícies contaminadas. Em ambos casos os principais sintomas costumam aparecer após 24 horas e são os mesmos: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Além disso, é comum a pessoa infectada apresentar dificuldade respiratória, ou dor de garganta.

Campanha de vacinação

Santa Bárbara afirmou que intensificou, neste sábado, as ações da Campanha de Vacinação contra a Gripe. Em horário especial, o Tenda Atacado, Tivoli Shopping e Teatro Municipal “Manoel Lyra” (durante Virada Cultural) disponibilizaram as vacinas para todo o público-alvo.

Iniciada em abril, a Campanha segue durante a semana nas Unidades Básicas de Saúde do município, atendendo determinações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde.

O município atingiu uma cobertura de 56,5% sobre o geral da população alvo programada para vacinação sendo as gestantes e as crianças as que atingiram menor cobertura, 40,3 e 37,5%, respectivamente. O objetivo é vacinar 90% desta população, considerada de risco para complicações por gripe.

Fonte: G1

Teste de farmácia para HIV recebe registro da Anvisa

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou, nesta segunda-feira (15), o primeiro autoteste para triagem do HIV no Brasil. O produto é destinado ao público em geral e poderá ser vendido em farmácias e drogarias. O nome do produto no Brasil será Action, da empresa Orangelife Comércio e Indústria.

De acordo com a documentação do processo de registro do produto, o teste funciona com a coleta de gotas de sangue, semelhante aos testes já existentes para medição de glicose por diabéticos.

O resultado aparece na forma de linhas que indicam se há ou não presença do anticorpo do vírus HIV. A presença do anticorpo mostra que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a Aids. O resultado leva de 15 a 20 minutos para ficar pronto. O teste funciona para os dois subtipos do vírus que provocam a Aids.

Eficácia

O autoteste aprovado pela Anvisa demonstrou sensibilidade e efetividade de 99,9%. Porém, o produto só é capaz de indicar a presença do HIV 30 dias depois da exposição.

Esse período de um mês é o tempo que o organismo precisa para produzir anticorpos em níveis que o autoteste consegue detectar. Se uma nova situação acontecer após esse período, um novo teste precisa ser feito, respeitando o prazo necessário para detecção e as confirmações necessárias.

Se o resultado for negativo, a recomendação é que o teste seja repetido 30 dias depois do primeiro teste e outra vez depois de mais 30 até completar 120 dias após a primeira exposição.

Se o resultado for positivo, o paciente deve procurar um serviço de saúde para confirmação do resultado com testes laboratoriais e encaminhamento para o tratamento gratuito adequado, se for necessário.

Regulamentação

A possibilidade do registro de autoteste para o HIV surgiu em 2015, quando a Anvisa regulou o tema. De acordo com a regra, esse tipo de teste deve trazer nas suas instruções de uso a indicação de um canal de comunicação para atendimento dos usuários que funcione 24 horas por dia e o número do Disque Saúde 136.

O preço do produto será definido pelo mercado, já que no Brasil não existe regulação de preços para produtos de saúde e a Anvisa, por lei, não pode fixar esse valor. O teste de farmácia para Aids não poderá ser utilizado na seleção de doadores de sangue, já que, para isso, existem outros procedimentos.

Componentes

O teste Action traz o dispositivo de teste, um líquido reagente, uma lanceta (específica para furar o dedo), um sachê de álcool e um capilar (um tubinho para coletar o sangue). O resultado leva de 15 a 20 minutos para aparecer.

Fonte: Portal Brasil

Avaliação de Alfabetização terá resultados abertos no dia 22

Os resultados preliminares da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) 2016 serão divulgados para as escolas na próxima segunda-feira, 22. Terão acesso aos resultados apenas as instituições de ensino com, no mínimo, dez estudantes matriculados no momento da avaliação e que tiveram taxa de participação de 80% dos estudantes matriculados no terceiro ano, de acordo com os dados do Censo Escolar 2016. Para receber os resultados, as escolas devem manter seus cadastros atualizados junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Entre 22 de maio e 5 de junho, estará aberto o período para a interposição de recursos. A divulgação dos resultados finais será em agosto. Só nesse momento, a imprensa, os gestores públicos e demais interessados terão acesso aos dados da avaliação.

Finalidade – A ANA é um dos instrumentos do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e tem foco nos níveis de alfabetização e letramento em língua portuguesa, alfabetização em matemática e as condições de oferta do ciclo de alfabetização das redes públicas.

Passam por esse sistema todos os estudantes do terceiro ano do ensino fundamental matriculados nas escolas públicas no ano da aplicação da avaliação. Em 2016, os testes foram aplicados para 2,5 milhões de estudantes, de 50 mil escolas e 100 mil turmas.

Fonte: Portal Mec