Apostila gratuita lista erros mais comuns na redação do Enem

Etiqueta-no-ENEM-2Plataforma Universia Brasil lançou uma apostila que lista os principais erros cometidos pelos candidatos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio. Os professores consultados mencionaram, por exemplo, o equívoco de não atender à proposta da redação ou de usar marcas de oralidade no texto, como gírias.

São trinta erros elencados no e-book, que pode ser baixado gratuitamente no site da plataforma, após cadastro. Práticas como repetir termos, usar clichês, ferir os direitos humanos ou empregar incorretamente os conectores textuais podem prejudicar o aluno na avaliação. Na apostila, são explicados resumidamente todos os erros apontado pelos docentes.

A nota da redação representa 20% do total da prova – passa a ser importante, portanto, ter um bom desempenho na escrita.

As provas

O primeiro dia do Enem será em 5 de novembro, um sábado, com as provas de ciências humanas e ciências da natureza. No dia 6, domingo, a prova terá linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

Nos dois dias, os portões serão abertos às 12h e se fecham às 13h. O início das provas é às 13h30. Como nos anos anteriores, o primeiro dia de prova dura 4 horas e 30 minutos e o segundo, 5 horas e 30 minutos.

O Enem é o principal canal de acesso às universidades públicas brasileiras, além dos programas do governo federal que oferecem financiamento com juros baixos (Fies) e bolsa de estudo (Prouni).

Fonte: G1

Pesquisa revela preferências da geração Y no mercado de trabalho

pesquisa-revela-preferencias-da-geracao-y-no-mercado-de-trabalho-brasil-noticiasUma pesquisa com 6.097 jovens da geração Y, também conhecidos como millennials, que opinaram sobre mercado de trabalho, seus desejos e preferências profissionais. Entre os entrevistados, 54% eram do sexo feminino e 46% do sexo masculino.

Segundo o estudo, que contou com participantes dos países da Ibero-América, incluindo o Brasil, 76% dos jovens da geração Y deixaram seus países para embarcar para o exterior em busca de melhores oportunidades profissionais.

Na hora de se candidatar a uma vaga de emprego, o principal ponto levado em conta pelos millennials é a possibilidade de se desenvolver profissionalmente (36%). Em segundo lugar foi apontada a retribuição econômica (24%), como ponto relevante em uma oportunidade profissional. Na sequência, foram citados como fatores relevantes a empresa (17%), a flexibilidade de horários (8%), a localização (7%) e o tipo de contrato oferecido (7%).

Depois de contratado, o jovem da geração Y preza por um bom ambiente de trabalho dentro da empresa (35%). O desenvolvimento profissional vem em segundo lugar, seguido por remuneração, flexibilidade de horários, um bom chefe e benefícios sociais.

Fonte: Universia

EBSERH abrirá 2.765 vagas para quatro Estados

400Não foram revelados os cargos que serão contemplados no edital do concurso EBSERH, mas ao que tudo indica deve haver ofertas para candidatos de todos os níveis de escolaridade.
O órgão marcou para o dia 12 de agosto chamada pública para a definição da empresa organizadora. Assim que escolhida a instituição, a EBSERH poderá estipular o cronograma contendo datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas.
Oportunidades do concurso EBSERH
Um total de 715 vagas serão para o Hospital Universitário Gaffrée Guinle da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (HUGG-Unirio). Destas, 202 serão para a área médica, 431 para assistencial e 82 para administrativa.
As outras 234 chances do Rio de Janeiro ficarão para o Hospital Universitário Antônio Pedro da Universidade Federal Fluminense (HUAP – UFF), sendo que 77 se destinarão à área médica, 129 à assistencial e 28 à administrativa.
O Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina (HUPEST-UFSC) receberá 121 profissionais na área médica, 283 na assistencial e 16 na administrativa.
No Hospital Universitário Alcides Carneiro da Universidade Federal de Campina Grande (HUAC-UFCG), que fica na Paraíba, haverá 91 postos para médico, 205 para funções assistenciais e 30 para cargos administrativos.
Também na Paraíba, o Hospital Universitário Júlio Maria Bandeira de Mello da Universidade Federal de Campina Grande (HUJB-UFCG) nomeará 89 servidores médicos, 233 para área assistencial e 37 para a administrativa.
O Hospital Regional de Lagarto da Universidade Federal de Sergipe (HRL-UFS) terá 151 chances para médico, 398 para cargos assistenciais e 162 para a área administrativa. As remunerações iniciais oferecidas pela EBSERH partem de R$ 1.863,48 e chegam ao valor de R$ 12.375,53.
Fonte: JC Concursos

Erros que podem desclassificar candidato a estágio

b57472624_eric_audras_photoaltoA inexperiência pode atrapalhar muitos candidatos a uma vaga de estágio ou programa de treinee, mas alguns modelos de conduta e conhecimentos que vão da postura até a forma de se comunicar podem ajudar a abrir muitas portas na vida profissional.

Entre as dúvidas mais frequentes dos profissionais que estão iniciando uma carreira estão: como me comportar em uma entrevista? Será que tenho conhecimento suficiente para a vaga? O que e como eu devo falar com o entrevistador?

“O jovem mostra hoje fragilidades em um quesito básico, que é o comportamental. Ele pode até ter os conhecimentos exigidos, saber línguas estrangeiras e estar apto a desempenhar funções em uma empresa, mas, em alguns casos, falta postura, etiqueta e até humildade, respeito à hierarquia e bom-senso”, diz Kiko Campos, CEO da empresa de atração e seleção de jovens profissionais Across.

O especialista listou 7 erros que podem desclassificar um candidato e deu dica para evitá-los. Veja abaixo:

1. Se descuidar da maneira de falar
Entrevista não é um bate papo entre amigos. Por mais informal que seja a empresa que está recrutando o jovem, usar gírias ou tratar o entrevistador como amigo pode desclassificar o candidato.

2. Ficar atento ao celular
As redes sociais e as mensagens instantâneas fazem parte da nossa rotina, mas desligue-se disso na hora da entrevista. Nada de checar suas notificações em frente ao entrevistador. Desligue o celular, para evitar que ele toque ou fique vibrando durante a avaliação. Pega mal!

3. Não falar sobre experiências
Em um processo de estágio ou trainee, é normal encontrar jovens com pouca (e até nenhuma) experiência profissional. Se esse for o seu caso, utilize exemplos do Ensino Médio e trabalhos em grupo durante a entrevista. Trazer esse tipo de vivência é muito mais rico e demonstra que o candidato possui facilidade em conectar diversos assuntos.

4. Escolher a roupa errada
Mesmo se a entrevista for online, é importante estar vestido adequadamente. Aposte em roupas básicas e mais formais, como camisas. No caso das mulheres, evite decotes e roupas justas demais.

5. Escolher o ambiente errado em entrevistas pela internet
Com o avanço da tecnologia, muitas entrevistas passaram a ser online. Essa transformação é benéfica para os candidatos, que são contratados de forma mais rápida e eficiente. Porém, muitos não se atentam para o fato de que as regras de etiqueta que se aplicam em uma entrevista pessoal é a mesma, ou até mais, válida via web. Isso porque, em uma entrevista gravada, por exemplo, esta é a única oportunidade do jovem de demonstrar seu profissionalismo.

Antes de fazer uma entrevista pela internet, observe o local onde grava o vídeo-entrevista. Cozinha, banheiro ou em cima da cama não podem ser plano de fundo. Bagunça no quarto, telefone tocando, cachorro passando atrás também podem desclassificá-lo.

6. Demonstrar falta de inteligência emocional
Pense em três de suas maiores qualidades e peça para que três de seus amigos falem sobre suas melhores virtudes. Veja se suas respostas coincidem. Desta forma, você verá com mais clareza quais são suas fortalezas e, ao ser questionado durante uma entrevista, você não será pego de surpresa. Do contrário você pode ficar intimidado e, em alguns casos, transpirar, gaguejar ou ficar nervoso.

7. Não mostrar agilidade na aprendizagem
Qual foi a última vez que você fez algo pela primeira vez? A geração de hoje tem aversão aos riscos. Porém, é importante realizar atividades que fogem da zona de conforto e o incentive a pensar e agir com rapidez. Ter a capacidade de lidar com algo complexo e conseguir solucioná-lo de forma eficaz e ágil é a forma de descobrir o potencial das pessoas no trabalho. E isso conta muito em um processo seletivo.

Fonte: G1

Governo Federal deve contratar 30 mil concursados

marcagovernofederalApesar do anúncio recente da suspensão temporária de autorização para novos concursos públicos no âmbito federal, chega uma boa notícia sobre a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) aos concursados.
O documento que apresenta as metas e prioridades da administração pública federal é o que orientará a Lei Orçamentária Anual (LOA). Em avaliação no Congresso Nacional, aLDO prevê a contratação de 30 mil servidores, com o intuito de preencher as vagas previstas nos concursos lançados até 2015 e também para substituir os aposentados.
A informação foi divulgada pelo gabinete do senador Wellington Fagundes (PR/MT), que é o relator da LDO. O político argumenta que há a necessidade de recompor os quadros de pessoal dos órgãos, principalmente de áreas importantes e que sofrerão com grande índice de aposentadorias nos próximos anos.
Com isto, fica garantida a convocação dos candidatos classificados em seleções como do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Agência Nacional de Saúde (ANS).
Pode haver a possibilidade de que seja realizado novos concursos públicos, se a demanda de pessoal for maior que as chances previstas nos processo seletivos em andamento.
O documento já foi aprovado na Comissão Mista do Orçamento (CMO) do Senado Federal e no decorrer dos próximos dias será apreciado no Plenário. Caso seja aprovado e não haja veto por parte do presidente interino Michel Temer, o ano de 2017 será bom para os concurseiros.
A LDO original não previa tais contratações, mas junto ao documento foram incluídas emendas que possibilitam a nomeação de novos servidores. Vale ressaltar que mesmo que a LDO for aprovada e que constar na LOA a contratação dos funcionários, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) ainda ficará responsável pela liberação dos avais.
Fonte: JC Concursos

Confira 17 cursos do Senac on-line e totalmente gratuitos

senac-910x598O Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) oferece um total de 17 cursos profissionalizantes dentro do PSG (Programa Senac de Gratuidade). Os cursos são totalmente gratuitos, voltados para quem procura uma nova colocação no mercado e quer deixar o currículo tinindo.

A aprendizagem é feita on-line, na plataforma do Senac. Vale lembrar que todos os cursos disponíveis têm certificado de conclusão. Quando o curso está com inscrições abertas é só clicar no botão “Inscreva-se”. Caso contrário, aperte em”Registre seu interesse” para aguardar a próxima turma.

Confira abaixo as opções:

1. Agente de Desenvolvimento Socioambiental (Sergipe)

2. Agente de Projetos Sociais

3. Agente de Viagens

4. Almoxarife

5. Assistente de Secretaria Escolar

6. Camareira em Meios de Hospedagem

7. Garçom

8. Governança em Meios de Hospedagem (Acre)

9. Informática Básica com Internet e Mídias

10. LIBRAS Básico – Língua Brasileira de Sinais

11. Língua Portuguesa (Tocantins)

12. Maître

13. Operador de Caixa

14. Operador de Computador

15. Recepcionista em Meios de Hospedagem (Tocantins)

16. Vendedor

17. Vendedor de Produtos e Serviços Ópticos (Paraíba)

Podem se inscrever aqueles cuja renda familiar mensal por pessoa não ultrapasse dois salários mínimos. É preciso preencher uma ficha com informações pessoais e assinar uma declaração de renda, após clicar em seu curso de interesse.

Fonte: Catraca Livre

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 139 outros seguidores