10 ideias de negócios promissoras, segundo a Entrepreneur

Quais são as ideias de negócio mais brilhantes do momento e por que elas merecem sua atenção? Respondendo essas perguntas, a revista Entrepreneur publicou nesta semana seu ranking de 100 brilhantes ideias de negócio para ficar de olho. Ao todo, 10 áreas de negócio foram avaliadas.

Segundo o veículo, uma tendência vista neste ano é que as empresas que se destacaram impulsionam a tecnologia e o comércio de uma forma altruísta. Essas startups misturam responsabilidade pessoal e social em temas como saúde e sustentabilidade.

As inovações não são sempre as mais lucrativas, mas nos inspiram e impulsionam mudanças, diz a Entrepreneur. Veja, a seguir, 10 ideias de negócios brilhantes que você deveria ficar de olho:

ideias-negocios-promissores

1. Tecnologia: MindMeld

MindMeld permite que qualquer aplicativo possa ter o reconhecimento de voz, algo que começou com assistentes como a Siri e o Google Now. O serviço permite comandos em inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, russo e português. De acordo com a revista, mais de 1200 companhias usam o MindMeld para disponibilizar o reconhecimento de voz aos seus usuários.

2. Ferramentas de negócio: AnyPerk

O AnyPerk oferece para departamentos de recursos humanos um programa para incentivar os funcionários de uma empresa por meio de centenas de descontos em produtos e serviços. Alguns dos descontos, como em mensalidades de academia, em jantares e em passagens aéreas, não tem prazo de validade. Segundo entrevista do fundador Taro Fukuyama à Entrepreneur, mais de mil companhias usam o serviço.

3. Finanças: Community Sourced Capital (CSC)

A Community Sourced Capital (CSC) é uma plataforma na qual as pessoas de uma comunidade fazem pequenos empréstimos para companhias sem nenhuma taxa de juros. Se a empresa conseguir o capital necessário para um projeto, o dinheiro volta para os credores por meio da receita mensal da companhia. O CSC diz sempre checar a viabilidade do projeto que a empresa quer financiar e sua capacidade de devolver o empréstimo. Segundo o site do serviço, quase um milhão de dólares já foram emprestados.

4. Partindo da comunidade: Assembly

A Assembly é uma maneira de pessoas talentosas se conectarem e combinarem suas habilidades para transformar ideias em produtos. Depois da criação, a Assembly ajuda os colaboradores a se envolverem também no marketing e na manutenção, além de distribuir as fatias de participação no negócio por meio da atividade de cada integrante. Segundo o site da ferramenta, mais de quatro milhões de pessoas usam itens construídos pela comunidade da Assembly.

5. Impacto Social: Frog Design

A consultoria criativa Frog Design, além de desenvolver campanhas de marketing para companhias, também ajuda a melhorar a qualidade de vida de civilizações pobres. De acordo com a Entrepreneur, o time FrogImpact colabora com ONGs e instituições de caridade para desenvolver estratégias na área de saúde, educação e ajuda diante de desastres. Como exemplo, a agência criou o Healthy Baby, uma solução para melhorar os cuidados no período neonatal, junto com Bill Gates.

6. Saúde: Independa

A Independa é uma plataforma na nuvem voltada para a saúde da terceira idade com um diferencial: sua interface é integrada nas televisões comerciais. Essa interface, chamada Angela, mostra alertas para tomar medicações, lembretes de consultas com médicos e a possibilidade de fazer chamadas para um amigo ou familiar. Tudo isso é mostrado no topo da tela da TV, o que faz com que os idosos possam cuidar da saúde de uma forma fácil.

7. Design e moda: Reformation

A Reformation é uma linha de roupas fast-fashion que está mudando os materiais poluentes da moda comum, como poliéster, nylon e spandex (todos feitos de petróleo, um combustível fóssil). Yael Aflafo, a fundadora da marca, quer combinar sustentabilidade com estilo. No site da companhia, a descrição: “Nós fazemos roupas matadoras que não matam o ambiente”.

8. Comida e bebida: WISErg

A WISErg também vai no caminho da sustentabilidade: a empresa construiu uma máquina, chamada Harvest, que transforma comida jogada fora em um líquido altamento nutriente, que pode ser transformado em fertilizante orgânico. Segundo a Entrepreneur, a WISErg processa mais de 56 mil litros de fertilizante por mês.

9. Recreação: FanDuel

Na startup FanDuel, o jogador pode montar um time virtual baseado em atletas de verdade. De acordo com as estatísticas esportivas de cada um dos atletas, o desempenho do time é estimado e o jogador ganha pontos. É possível entrar em competições e apostar dinheiro de verdade; o jogador que fizer mais pontos recebe o prêmio. Os jogos duram de um dia até uma semana e, assim, o time pode ser remontado constantemente, dependendo do desempenho de cada atleta.

10. Viagens: GoEuro

A GoEuro promete oferecer o melhor planejamento para viajar pela Europa, seja por trens, ônibus ou aviões. O serviço oferece uma busca integrada de meios de transporte ao longo de todo o continente. De acordo com o site, a GoEuro tem no seu banco de dados mais 20 mil estações ferroviárias, 10 mil terminais de ônibus e 207 aeroportos.

FONTE: Exame

Anúncios

About Celso Jacob

Economista, professor e político, Celso Jacob. Sejam todos bem-vindos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: