Com 478 veículos, Detro registra recorde de apreensões

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Transportes, registrou recorde de apreensões e multas durante o mês de julho. Entre os dias 1º e 31, os fiscais aplicaram 1.827 infrações e recolheram 478 veículos. O número é 48,28% superior às 882 infrações registradas no mesmo período do ano passado. O resultado deve-se ao aumento das operações, tanto na frota regular, quanto no combate ao transporte de passageiros sob cobrança sem autorização do poder concedente.

Nas ações voltadas para verificar os serviços prestados pelas vans e ônibus intermunicipais que compõem a frota regular, ao longo do último mês, os agentes retiraram de circulação 150 vans e coletivos, flagrados sem condições de tráfego ou com documentação irregular. A fiscalização ainda aplicou outras 384 multas a motoristas de veículos regulares, sendo 74 de vans e 310 de ônibus.

top

Já nas operações de combate ao transporte de passageiros sob cobrança sem autorização do poder concedente, foram recolhidos 328 veículos, sendo 83 ônibus, 118 vans, 59 kombis, 58 carros particulares e 10 táxis.  A multa por realizar transporte irregular de passageiros é de R$ 2711,90, mais os custos com diária de depósito e reboque.

Desde janeiro, o Detro intensificou as fiscalizações no estado. Como resultado, as equipes já aplicaram 8.600 multas e recolheram 2.788 veículos. Além da operação de inteligência, o Detro também utiliza as denúncias feitas pela população para direcionar as ações de fiscalização.

Para participar, os cidadãos devem informar a irregularidade e número da linha do ônibus intermunicipal que cometeu a infração, por meio do telefone da ouvidoria (21) 3883-4141 ou pelo e-mail ouvidoria@detro.rj.gov.br. A população também pode enviar informações pelo aplicativo Fiscal de Bolso, que pode ser baixado no celular, ou pelo WhatsApp Fale Detro, pelo número (21) 9-8596-8545. Na primeira mensagem, é preciso enviar o nome completo, e-mail, cidade e bairro em que mora. Um sistema coleta os dados do reclamante e gera um protocolo de atendimento.

FONTE: Revista ON

Anúncios

About Celso Jacob

Economista, professor e político, Celso Jacob. Sejam todos bem-vindos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: