Vacinados contra febre amarela podem doar sangue após quatro semanas

Para evitar que o vírus da febre amarela se espalhe, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Saúde mudaram os critérios clínicos de triagem de candidatos à doação de sangue e órgãos.

0b12ae2e-758e-457d-a5bf-548fa7dbb775

A recomendação do Ministério da Saúde é que os candidatos à doação de sangue que já tiverem sido vacinados deverão aguardar quatro semanas para doar sangue, a partir da data da vacinação.

As novas regras foram divulgadas nesta quinta-feira (2). As notas foram emitidas considerando os recentes registros de casos de febre amarela silvestre em regiões do Brasil.

O alerta ocorre para a necessidade de se considerar o risco de transmissão da doença por meio de transfusão sanguínea ou transplante. Isso porque há relatos de transmissão do vírus da febre amarela por transfusão, após a vacinação de doadores de sangue.

A medida indica ainda que os critérios referentes ao período de inaptidão clínica poderão ser mais restritivos, caso estes serviços avaliem ser mais apropriado para a realidade epidemiológica local.

Fonte: Portal Brasil

Anúncios

About Celso Jacob

Economista, professor e político, Celso Jacob. Sejam todos bem-vindos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: