Como driblar os efeitos do horário de verão

Claro que você já sabe que começou o horário de verão, o que significa acordar mais cedo e dormir mais tarde. E, gostando ou não, você deverá sentir também os famosos ‘efeitos colaterais’ que a mudança de horário causa em muitos de nós.

Isso acontece porque nosso corpo está acostumado a acordar e comer em horários específicos criados pela rotina o que significa que o novo horário, ao diminuir uma hora do nosso dia, aumenta o cansaço e a indisposição. Ao adiantar uma hora em nossa rotina diária abruptamente, forçamos o nosso relógio hormonal a mudar o seu funcionamento também. O problema é que esse relógio interno também precisa de umas duas semanas para se reorganizar pois ele depende da luz para funcionar adequadamente.

A adaptação ao novo horário varia para cada pessoa e pode levar de poucos dias, à bem mais do que duas semanas – e algumas pessoas podem até não se ajustar. Normalmente, após alguns dias acordando mais cedo que o habitual, cria-se um “débito de sono” no corpo e automaticamente passa-se a ir para a cama mais cedo.
As pessoas que menos sofrem com a mudança de horário são as que conseguem restabelecer uma rotina mais rápida de sono, alimentação e compromissos no horário de verão.

Saúde Visual apresenta, então, algumas dicas pra se adaptar melhor à mudança:

– Persista com sua rotina habitual (horários de sono, vigília e atividades) que, após alguns dias de fadiga e sonolência, você irá se adaptar ao novo horário;
– Não durma durante o dia para compensar a noite “mal dormida”. Organize sua vida para conseguir finalizar suas atividades cotidianas mais cedo a fim de antecipar sua sonolência noturna;
– Evite atividades estimulantes no começo da noite, como exercícios físicos, assistir filmes muito agitados ou mesmo trabalhar em algum projeto estressante;
– Fuja da luminosidade de computadores, tablets e celulares antes de dormir;
– Não consuma bebidas energéticas antes de dormir, como café e chá preto;
– Não se alimente muito à noite ou deite em jejum e evite alimentos pesados nesse período e
– Procure gradativamente dormir mais cedo, assim você acostuma o seu relógio biológico aos poucos.

Apesar das controvérsias do horário de verão, depois que o relógio biológico se acostuma, quem é que não fica feliz ao sair do trabalho e, ao invés de ver a lua, se depara com um dia de sol, podendo aproveitá-lo mesmo que seja só um pouquinho?

Anúncios

About Celso Jacob

Economista, professor e político, Celso Jacob. Sejam todos bem-vindos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: