Arquivo | Empregos RSS for this section

Fies será aberto hoje!

O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) foi aberto nesta segunda-feira (9) para as instituições para os contratos formalizados até 31 de dezembro de 2016. Já para os alunos, o sistema ficará disponível em 16 de janeiro.

A primeira parte, com as instituições, foi iniciada mais cedo para evitar transtornos aos estudantes para concluir o processo de aditamento (renovação). O sistema seguirá aberto até 30 de abril.

dkkdmkd

O SisFies facilita o acesso, pela internet, para renovações, inscrições e informações sobre financiamento estudantil em instituições particulares de educação superior. Quando aberto, as instituições de ensino usam o sistema para a inserção de dados sobre cada contrato, que posteriormente devem ser confirmados pelos próprios estudantes.

Balanço

O Fies encerrou o ano com saldo positivo. A dilatação dos prazos para a renovação dos financiamentos permitiu que quase a totalidade dos interessados (98%) conseguisse concluir os aditamentos. O investimento do governo federal foi de R$ 8,6 bilhões.

Os pagamentos aos agentes financeiros do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) — Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil — e às instituições de ensino foram efetuados em 27 de dezembro, graças ao empenho do MEC junto ao Congresso Nacional para a aprovação de crédito suplementar de R$ 702 milhões.

Além disso, foram criadas 75 mil vagas para o segundo semestre de 2016. “Para 2017, foram garantidos ao Fies R$ 21 bilhões, de forma a dar continuidade aos financiamentos, manutenção dos contratos com os agentes financeiros e abertura de vagas”, disse o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro.

Fies

O Fies oferece financiamento de cursos superiores em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O aluno só começa a pagar a dívida após a formatura. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2 milhões de estudantes participam do programa.

Fonte: Portal Brasil

Anúncios

Monte um currículo eficaz e assertivo

size_590_computadorA maioria dos recrutadores concorda que atualmente, mesmo em tempos de crise, currículos mal escritos e feitos com desleixo têm surgido com muito mais frequência do que nunca. Erros de português, fotos constrangedoras, informação em excesso, letras coloridas, a quantidade de problemas encontrados é enorme.

Para não cometer esses pecados, é preciso estar atento para corrigi-los antes de enviar aos recursos humanos, caso contrário, isso pode custar uma boa chance de emprego. Jacob Rosenbloom, CEO da Emprego Ligado, reuniu sete dicas para você evitar essas gafes e fazer um currículo eficaz e assertivo para conquistar aquela tão sonhada vaga de trabalho.

1) Formate de maneira inteligente

Além de bem escrito, as informações de um currículo precisam estar bem organizadas. Use margens amplas, uma fonte de texto limpa e utilize negrito e itálico de maneira seletiva, ou seja, apenas com o intuito de orientar os olhos do leitor para os pontos mais importantes.

2) Informações pessoais

 Logo no início, coloque seus dados para que o recrutador tenha rápido e fácil acesso aos seus contatos atualizados, como nome, endereço, telefone e e-mail, idade e estado civil. Não é preciso incluir documentos como CPF, RG, carteira profissional ou título de eleitor, estes serão pedidos nas etapas seguintes ou caso o candidato seja contratado.

3) Reforce suas qualidades e pontos fortes (mas do jeito certo)

Ao invés de criar uma longa e chata lista sobre todas as suas qualidades (disciplinado (a), criativo (a), engajado (a), perfeccionista, tente conectá-las com as experiências profissionais, demonstrando como os seus pontos fortes contribuíram para que você atingisse os objetivos do seu último trabalho.

4) Experiência profissional

Ressalte os cargos mais recentes, inclua data de admissão e saída, nome da empresa e cargo. Em poucas linhas, fale sobre sua experiência e realizações. Procure explicar os projetos que liderou e de quais participou e fale das metas atingidas.

5) Não minta

Se para cada mentira descoberta um recrutador ganhasse um real, os recursos humanos seriam a área mais bem remunerada do mundo. Além de ser uma atitude antiética, a maioria dos departamentos atualmente pesquisa a fundo o background de um candidato. Então evite até mesmo pequenas mentiras para não arruinar a sua credibilidade.

6) Seja sucinto

O tamanho ideal para um currículo é um assunto polêmico. A maioria dos empregadores e especialistas em recrutamento, no entanto, afirma que ele deve conter no máximo uma ou duas páginas. Basta ter em mente que, desde que toda a informação necessária esteja lá, quanto menor o seu currículo, melhor.

Por fim, seja bastante criterioso e revise o texto com calma e atenção. Se possível, peça a algum amigo com mais experiência que avalie o seu currículo e aponte possíveis deslizes. Se necessário, contrate um revisor, mas não deixe passar erros de português e digitação.

Fonte: Administradores

Erros na elaboração do currículo podem ‘minar’ busca por emprego

analiseO número de pessoas que estão procurando emprego esta cada vez maior e conseguir se diferenciar entre tantos candidatos pode ajudar, em muito, na hora de encontrar uma oportunidade. De acordo com o IBGE, 9,5 milhões estão sem emprego no país neste ano.

É nesse momento que entra a importância de apresentar um bom currículo. O problema é que as pessoas acabam se prejudicando ao cometer erros, como colocar poucas informações ou não se atentar a erros de gramática.

O currículo funciona como um cartão de visitas. É o primeiro contato entre a empresa e o candidato e, por isso, deve sempre causar uma boa impressão. Então, é necessário ficar atento para algumas dicas.

Contato:
Uma delas é a falta de informação para contato. Mesmo sendo essencial para o contratante se comunicar com o candidato, ainda tem muita gente que esquece de informar nome, endereço, número do celular ou o e-mail.

Um outro problema é ficar repetindo competências e não priorizar o desenvolvimento das experiências adquiridas durante o trabalho anterior. Candidatos também devem ficar muito atentos aos erros de português. Esses são indisculpáveis levando em consideração os corretores ortográficos disponíveis em qualquer computador ou na internet.

Apresentação:
O cuidado com a apresentação é outro fator importante. Folhas coloridas e extravagantes devem ser evitadas. O bom currículo segue um ditado comun: “de que menos é sempre mais”. Auto-elogio e chavões também são prejudicais, pois dão a impressão de propaganda enganosa.

Não ser cansativo:
O candidato deve se atentar também em não ser cansativo. Contratantes geralmente têm pouco tempo disponível, por isso, o material deve ser sucinto, sem muitas páginas e apresentar as informações principais.

Fonte: G1

Google procura funcionários que falem português fluentemente

noticia_109330O Google está a procura de funcionários que falem português fluentemente para cargos em diversos dos seus serviços. São vagas em Nova York, São Paulo e cidades da Califórnia.

No Brasil, a vaga é para “Strategic Partner Manager” do Youtube, para lidar com parceiros de conteúdos relacionados à família e educação, e requer 5 anos de experiência com gerenciamento de contas.

Na Califórnia, há vagas para “Content Partner Operations Associate” no Youtube, que requer experiência em gestão de projetos de vendas e em trabalho direto de apoio a clientes e parceiros; para Merchandising Manager Games, no Google Play, que pede três anos de experiência na área de merchandising ou marketing em negócios digitais e conhecimento do mercado de games brasileiro; e para Online Sales Representative da América Latina, para trabalhar principalmente com o Google Apps for Work.

Em Nova York, a vaga é para candidatos com formação em Ciência da Computação para a vaga de Scaled Sales Engineer do Google Apps.

Fonte: Administradores

Profissional insatisfeito deve buscar foco antes de mudar de emprego

job-search-frustration-ftrO tão sonhado emprego ideal pode estar muito mais no campo das ideias do que na realidade. De acordo com a consultora de carreira de Campinas (SP) Cláudia Fajardo, por esse motivo trocar de emprego apenas não resolve as insatisfações no âmbito profissional. O funcionário que está insatisfeito deve buscar um foco no trabalho antes de tomar qualquer decisão.

Dificuldades podem ensinar

“A partir de um momento em que o foco do trabalho faz sentido, você vai lidando com aquilo. O importante é a pessoa fazer o que ela gosta e lidar, às vezes, com situações ou pessoas que não são ideais, da melhor maneira possível. As próprias dificuldades são professores que surgem na sua vida para você aprender a superar”, explica.

A busca pelo emprego ideal foi o tema do quadro “Sua Chance” desta segunda-feira (21).

Equilíbrio emocional

Uma mulher que não quis se identificar, com medo de ser demitida, afirma, contudo, que é difícil encontrar esse foco no trabalho quando a empresa não motiva o funcionário.

“Você não tem reconhecimento e você também não tem desenvolvimento daquilo que você faz. Sua equipe se sente desmotivada e não tem oportunidades”, conta.

Mesmo assim, enquanto não encontra algo melhor, ela afirma ser necessário autocontrole para conseguir lidar com o que mais incomoda no emprego atual.

“Eu tento trabalhar o meu emocional, não deixar me abalar e sempre tentar ver alguma coisa como uma oportunidade”, afirma.

Para a consultora de carreira, com o equilíbrio emocional e o aprendizado cotidiano, um novo emprego pode ser pensado de forma racional e estruturada.

“É importante ela se blindar emocionalmente (…) porque isso pode afetar o próprio desempenho dela no trabalho. Tem que procurar aprender com as situações, por mais difíceis que elas sejam, porque elas sempre trazem um aprendizado”, completa.

Fonte: G1

Nube seleciona para 3.941 vagas de estágio em todo o país

vagasO Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) está selecionando candidatos para 3.941 vagas de estágio em todo o país. Há oportunidades para estudantes do ensino médio, técnico, tecnólogo e superior, períodos matutino e noturno. As bolsas variam de R$ 600 a R$ 1.864.

Os interessados em concorrer às vagas devem cadastrar-se gratuitamente no site http://www.nube.com.br.

Entre os cursos com vagas estão administração, análise de sistemas, biblioteconomia, ciência da computação, ciências contábeis, comércio exterior, comunicação social, desenho industrial, direito, economia, educação física, engenharia elétrica, engenharia mecânica, engenharia de produção, ensino médio, fisioterapia, gastronomia, marketing, matemática, pedagogia, publicidade e propaganda, tecnologia em logística, tecnologia em gestão comercial,  técnico em nutrição e dietética, técnico em mecânica e turismo e hotelaria.

Outras oportunidades podem ser consultadas diretamente no site http://www.nube.com.br, acessando o campo “Vagas de Estágio”.

Fonte: G1